terça-feira, 15 de julho de 2008

Mi Viejo (Piero)



Mi Viejo, de Piero

Es un buen tipo mi viejo
Que anda solo y esperando
Tiene la tristeza larga
De tanto venir andando

Yo lo miro desed lejos
Pero somos tan distintos
Es que crecio con el siglo
Con tranvia y vino tinto

Viejo mi querido viejo
Ahora ya caminas lerdo
Como perdonando el viento
Yo soy tu sangre mi viejo
Soy tu silencio y tu tiempo

El tiene los ojos buenos
Y una figura pesada
La edad se le vino encima
Sin carnaval ni comparsa

Yo tengo los anos nuevos
Y el hombre los anos viejos
El dolor lo lleva dentro
Y tiene historias sin tiempo

Viejo, mi querido viejo
Ahora ya caminas lerdo
Como perdonando el viento
Yo soy tu sangre mi viejo yo
Soy tu silencio y tu tiempo

Yo soy tu sangre mi viejo yo
Soy tu silencio y tu tiempo

.
Piero nasceu na Itália e foi, ainda criança, para Argentina. É bolivariano e libertário. A música acima é de 1969. Há outras tão sensíveis e belas como essa, mas "Mi Viejo" parece ter sido feita para o papai.

5 comentários:

Sidnei Liberal disse...

Simplesmente emocionante. A ver com os pais. Muito a ver com o pai Jinkings.

isa jinkings disse...

Leila, não vou conseguir reproduzir o que escrevi no momento em que acabei de ver. Sei que disse que as lágrimas estavam escorrendo pelo meu rosto depois de inclusive repetir o vídeo.porque eu senti mesmo como se aquela canção tivesse sido feita pra ele, pro nosso querido velho, nosso valoroso guerreiro,tão generoso e tão humilde na sua grandeza que permanece cada vez mais vivo em nossa lembrança, em nossa admiração e em nossa infinita saudade.sjokg

Cris Moreno disse...

Caramba, essa é de matar!

Vou levar para o blog.

Beijos.

TRÓPICO ECO-ANARQUISTA disse...

A música é realmente muito linda. Já conhecia. Aproveito para perguntar se a livraria continua e se tem algum site, pois o endereço disponível não funciona.

Leila Jinkings disse...

O sítio da Jinkings está fora de conexão, por problemas operacioanis. Esperemos que volte logo.
Abs